*Daqui a alguns anos: Cirandeira

WhatsApp Image 2018-07-17 at 22.50.04

Crédito: Arquivo pessoal

Valha-me Deus!

Não tenho um plano pra gente. Até pensei em… Esquece, não é importante, nossos valores estão mudando.

O que eu e você poderíamos fazer por nós?

Daqui até aí tem muito chão. E quem hoje sou eu para te dar algum conselho? Você é que deveria ter vindo ao meu encontro e reclamado, apoiado, alertado.

O que eu posso te dizer é “vai, nega, não olha para trás”. Mas nossos valores estão mudando.

Talvez seja melhor “vai, nega, dá uma espiadinha atrás e logo olha pradiante”.

Escuta, escuta:

“Lá vai o trem com o menino

Lá vai a vida a rodar

Lá vai ciranda e destino

Cidade e noite a girar

Lá vai o trem sem destino

Pro dia novo encontrar

Correndo vai pela terra

Vai pela serra

Vai pelo mar

Cantando pela serra o luar

Correndo entre as estrelas a voar

No ar, no ar…”

Amamos essa música. Estou feliz por ouvirmos juntas.

Ah! Vou te lembrar uma coisa legal. Sabe aquela casa verde que estava abandonada? Plantamos um pé de jambo no buraco da calçada hoje. Foi um trabalho bonito que a Associação organizou para melhorar o clima do bairro. Como estávamos com o pessoal resolvemos nos meter.

Pois é, se você estiver de bobeira, dá um pulinho lá. A essas alturas a ponte já ficou pronta e estreitou o caminho.

Mi, vou indo. Beija meus netos aí por nós, bota cordãozinho nos óculos pra não perder e tal.

Te amo.

 

*O texto faz parte de uma rodada no coletivo, onde os autores escreveram cartas para eles mesmos dentro de alguns anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s