Resistência

Um cigarro e começo a falar. Aqui não pode o cacete, porque já vi uma galera fumando, tá ligado? Menos palavrão, tudo bem. Há quanto tempo não tomo banho? Por que isso importa? Que dia é hoje? Me enterraram vivo nesse lugar. Estou vivo, mas não existo. Entende? Alguém aqui será que me entende? Na real, essa gente tem ouvido, mas não escuta. Falam, mas não dizem nada. Se olham, mas não se vêem.

Opa, hora do remedinho. E aí? Beleza? Não responde, o mané. Já sei, não pode criar vínculo. Vai se fuder. Palavrão nenhum pode? Vou tomar essa porra é nunca. Não vou virar robô. Cof cof, acho que não percebeu que cuspi.

Sei que passei dos limites do socialmente permitido, como diz meu pai. Mas faz tempo que essa parada de regras sociais não funciona pra mim. Faça isso, não faça desse jeito, seja bonzinho, assim não terá amigos. Quanta merda me disseram. E só piorou na adolescência: estude, faça engenharia, ou direito. Encheram minha cabeça de projetos, nenhum era meu. Foi na metade do curso de engenharia que pirei. Era isso que você queria saber? Quando foi minha primeira crise? Pirei ali, quando vi que estava jogando minha vida no lixo. Quando vi que não tinha mais força pra remar.

A Débora foi embora. São Paulo. Não deixou telefone, não deixaram mais a gente se ver.  Pirar foi minha cura. Agora o doutor fez uma cara de quem gostou, hein? Me curei da loucura de não ser eu. Anota aí que tá bonito. É, sei falar bem, gosto de ler, escrever. Foi a única coisa que herdei de bom do meu pai, do meu avô. Não que eu saiba exatamente quem sou, mas quem sabe? Você sabe?  Tentei, juro que me esforcei para me ajustar, deu no que deu.

O mar, as ondas, ainda sinto o cheiro das 6 da manhã, o barulho da onda nascendo só pra mim.  Essa era minha ambição. Queria pouca coisa, sem a obsessão de quem vive na cidade grande. Essa parada de ter que ter grana, carro, fazer social em bar, restaurante, não é pra mim. Assim não vai namorar nem casar, meu filho. Outro projeto pra mim, sob medida. Mas eu já tinha ela, ninguém sabia, e ela respondia com um olhar que falava. Tímida, quietinha, não se encaixava naquele padrão mulherão. A gente se curtia muito.

E esse aí? Camarada, ei, tu mesmo, está indo embora? Tá pior que eu, não é justo.  
Bom, como aconteceu: foi até divertido enganar a galera lá de casa. Achavam que eu ia pra escola, desconfiaram quando repeti de ano. Cortaram a grana. Sumiram com minha prancha. Me proibiram de sair. Me tiraram tudo, tá ligado? Não sobrou nada de mim.

Vaguei a noite toda, me anestesiei, tu sabe como. Era inverno, descolei um cobertor quentinho mas de manhã me acharam debaixo da marquise. Nem eu sei como fui parar lá. Minha mãe me esperava na porta, chorava num desespero de causa que me assustou. Cara, que drama. Levei uma surra do meu pai. Doeu forte, bati de volta. Na verdade não queria bater, só segurar, mas o véio desconfia da própria sombra. Achou que eu ia matar todo mundo. Que faca?  Acreditou nele, né? Claro.

Tu é médico mas eu sou esperto. Fala sério: quantos tu já internou porque a família queria se livrar, esconder? Sou o filho problema, uma vergonha pra família Castro. Agora que tô aqui de boa já pode aliviar meu lado né? Tu me entende? Ei, tá escutando? Falar de novo sobre a crise? Que cara é essa? Mas o que foi que eu fiz? Disse alguma bosta? São esses remédios, me deixam lesado. Estou meio tonto.

Ah o mar, a onda nascendo pra mim. Consegue sentir o cheiro?
Que horas são? Que dia é hoje?


Powerful ocean waves breaking.  Wave breaks on a shallow bank. Natural background stormy weather.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Resistência

  1. Genial! Um pouco de humor pra equilibrar a “crise de lucidez/loucura” que muitos de nós temos em algum momento da vida, em algum nível, para podermos ser quem realmente somos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s