Invisível

Vai mijar na mãe, cahorro do inferno!  Esta é a merda de dormir debaixo da marquise. Passam pessoas e seus cachorros e acham que eu sou o quê? um nada? um poste? Também sou gente, viu madame! O lance é encontrar um outro canto antes  de anoitecer. Cachorros, ainda sou um homem! Homem que nada, ela dizia, tu é um inútil isso sim, vai embora, vai, pode ir e nunca mais apareça aqui.

Quem me vê todo trapo não sabe que já sonhei. Primeiro era ser astronauta, pilotar foguete e sumir, furando cada camada de céu até dar com a fuça na Lua. Sonho antigo. Mesmo antes dele, já fugia de casa pra ver a Lua porque  não conseguia enxergar pela janela gradeada do prédio que a gente morava. Fugi muitas vezes, ia para longe e demoravam a me achar. .

Na escola, eu era o lunático. Em casa, o retardado. Na vizinhança, o louco. Não tinha lugar pra mim, só a rua mesmo, irmão, essa aí aceita gente como eu.

Ruim é quando chove e esfria. Ontem a chuva vinha de lado, de baixo e de trás. Mesmo na frente da Caixa Econômica que parecia o lugar mais maneiro de todos, minhas  coisas molharam, não que eu tenha muito, é só o colchão, o cobertor e uns gibis. O lado bom é que melhorou o cheiro de mijo seco.

Uma senhora fixou o olhar de pena em mim. Parou e está vindo na minha direção.  Mexe na bolsa e parece não encontrar o que quer. Vai me dar balas ou a oração de algum santo, São Francisco. Maluco sangue bom. Acho que vai desistir. Não, lá vem ela. Essa tia é porreta! Ganhei um crucifixo e uma nota de dois reais. Olha nos meus olhos. Como são azuis! Lembram os de Nossa Senhora. Não vou abrir a boca pra ela não se assustar. Saiu feliz e seguiu seu rumo. Deixou uma nuvem com cheiro de talco.

Até fiquei com vontade de um banho, sentindo o cheiro da véia. Não lembro quando foi a última vez, um mês? Dois? Aliás, que dia é hoje? Domingo não é, se fosse  não passariam tão apressados por aqui. Nem olham para o lado, se olhassem veriam a árvore mais do caralho de todo o planeta. Olhem essas flores amarelas, seus otários!

Lá vem uma criança com seu pai. Ela me viu. Não para de me olhar enquanto ele a puxa, desse jeito vai machucar a guria, seu imbecil! O lazarento tem medo, como se eu mordesse. A menina sorriu pra mim! Vou sorrir pra ela também. Mostrei todo o meu sorrisão banguela, espero não assustar. O pai me olhou pelo canto do olho, incomodado, mas fingiu cegueira. Não tem problema irmão, fica tranquilo. Já não me importo nem com a pena, nem com o medo de vocês.  Cara feia pra mim é fome!

Me bateu uma saudade violenta agora. Quantos anos terá minha pequena? Deve estar com a idade desta menina do pai cagão. O que faço com a saudade? Espera aí: um, dois, dois e cinquenta, dois e setenta e cinco. Preciso tomar uns tragos pra isso passar. Não consigo lembrar mais do rosto, só enxergo uns pedaços embaçados dela na minha cabeça. Nem posso chegar perto ou me prendem. Mas Jesus é testemunho que eu nunca fiz nada de mal pra minha Ana.

Vou pedir no sinaleiro pra inteirar uma garrafa de pinga. Porra, tem gente que nem abre a janela pra dizer que não. Fingem que sou invisível. Não quero fazer mal pra ninguém, sou só  feio mesmo. Moça gentil e bonita me deu cinco pilas e um sorriso, parecia um anjo. Se não fosse esse fiapo de ser humano tinha alguma chance com uma mina dessas. Mas agora não tem volta, minha vida é esta aqui, errada. Já era.  Ninguém dá trabalho pra uma pessoa quase sem dentes.

Pare de sonhar, seu maluco, você é um inútil! Cachaça ardida do cão! Mais um tantinho e outro. Essa é das boas, parece um gato descendo pela garganta.  Vai me esquentando por dentro, queimando tudo, até a saudade e a esperança, plantinhas que insistem em nascer aqui no peito. A lua hoje é cheia, bonito demais. Uma, duas, três luas…e eu queria ser astronauta.1200px-Lua_Azul_observada_do_Observatório_Municipal_de_Campinas_Jean_Nicolini.png

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s