Só para quem, como eu, não acredita em fantasmas

 

22195514_239393949919185_5706878714612834108_n

Ultimamente, venho pesquisando sobre um tema muito difícil pelo simples fato de não haver comprovação científica. Preciso muito saber como é possível que fantasmas possam viver entre quatro paredes, sem atravessar material sólido e sair, vendo o mundo. Sempre soube que, por serem feitos como são, eles teriam essa capacidade, confesso aqui, invejável. Isso me tira o sono, e recentemente conheci alguém que também perde o sono com um certo fantasma.

Tenho uma vizinha, nova nos dois sentidos, com quem começo algo que vai desembocar numa amizade, assim espero. Pois imaginem que ela me chamou para conversar. Estava esquisita, medindo as palavras, parecia insegura. Como ainda não nos conhecemos bem, abordou o assunto com medo de que eu a julgasse maluca, mas qual! É que da sua janela ela vê um fantasma que eu também vejo da minha. Ele mora num velho apartamento que dá para o nosso prédio e passa horas a fio na janela, observando o que for observável, coitado.

Eu o conheço muito bem, há tanto tempo que perdi as contas. Meu marido, no começo, sentiu ciúmes, e com razão. Afinal, o espectro ficava de olho no meu quarto, já que esta é a posição da janela em que se fixou. E eu passava – e ainda passo – vestida e maquiada, semivestida ou totalmente despida, conforme a situação. Afinal, estando no meu quarto, tenho o direito inalienável de circular como bem entender. E a janela dele fica justamente no andar correspondente ao meu, nem acima, nem abaixo.

Ele mora sozinho e, depois que concluí que se trata de um fantasma, não tive mais pudores e fico mesmo à vontade, mas para isso tive que ter conversas intermináveis com meu marido, que a princípio pensou que eu o estivesse enrolando. Imaginem!

A gente tem que entender que vida de fantasma preso é muito chata. Aliás, não sei por que ele não sai, não dá uma volta, não vai se distrair um pouco. Nada entendo de fantasmas, mas talvez ele não tenha condições de abrir as janelas do apartamento, que realmente estão completamente cerradas há pelo menos vinte anos. Eu gostaria de poder ajudar, simpatizo com ele, a quem vejo todos os dias desde que vim morar aqui. A gente se dá bem, assim à distância.

Contei tudo isto à vizinha, e mais. Eu a tranquilizei. Não acredito que ele possa ter uma vista de seu quarto tão boa quanto tem do meu, o que é uma pena, já que ela seria uma novidade para ele. Mas no fundo, confesso que tive uma pontinha de ciúmes. Ele é o meu fantasma, afinal!

Decidi, um belo dia, bater uma fotografia dele para guardar de recordação. Posso de repente me mudar e nunca mais o verei. Pesquisei exaustivamente como fotografar fantasmas, e acreditem: isto existe!

Em primeiro lugar, há que se ter a noção básica de que fantasmas são ectoplasmas, matéria translúcida, mas considerada visível, além de possuírem pequenas partículas que refletem bem os raios ultravioleta e infravermelho, portanto, podem ser fotografados. Ao ler isto, exultei!

Conforme instruções, peguei um controle remoto da tv – fundamental para a emissão de raios infravermelhos – e o meu celular. Não explicarei mais porque é meio complicado, sinto muito, e obviamente vocês podem muito bem pesquisar, em caso de interesse. Esperei a melhor hora do dia, mas como não sabia qual fosse a melhor hora do dia para se fotografar fantasmas, tive que experimentar. Depois de muitos dias de tentativas frustradas, consegui a boa hora e a boa pose. Quanto prazer ao ver o meu objetivo alcançado!

Depois de tanto trabalho, desde as pesquisas até a execução e finalmente o ótimo resultado, me pus a pensar. Qual a razão do meu interesse? Concluí: estou apaixonada.

Rodapé certo pelo amor de DEUS

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s