Na pontinha dos pés

Era uma vez um pé. Um pé não, dois. Esses pés, coitados, sofriam implicância por parte de pai e mãe. E também de outros pés.

– Que pés mais tortos.

– Que pés mais feios.

– Que pés inúteis!

Os pobres pés – vamos dizer assim, curvilíneos, andavam tristes pela vida. Até que um dia, caminhando sozinhos pela cidade, encontraram um pé com curvas parecidas. Um pé não, dois. E resolveram segui-los.

Por onde os outros pés iam, os pés os seguiam. De ponta, para os outros pés não perceberem.

Um pé na frente do outro, subiram e desceram ladeiras, pisaram em areia quente e se esfregaram na grama molhada. Um pezinho de cada vez. Até que os outros pararam em frente a uma grande calçada de pedra de cantaria. Saltaram. Um por um, então dois, três, quatro passinhos, e se depararam com uma enorme escada aveludada. Subiram sem fazer barulho até se depararem com uma porta grande bem grande. Logo deitaram em um tapete felpudo. Os pés, em seguida, relaxaram também. De fininho os quatro entraram em uma sala enorme, com piso macio e brilhante. Bonito como ele só.

Os pés cuidaram de se esconder para que os outros pés, inclusive os muitos outros não os vissem. Mas de repente, o som de um piano tomou conta do assoalho, das paredes, do teto, do lustre, das janelas, cortinas, portas, e de cada curva que os pés tinham. Os pés não resistiram, não podiam se conter e começaram a se mexer involuntariamente. Rodopiaram e deslizaram pelo chão de carvalho passando em meio a todos os pezinhos presentes. E embora a sala cheia, era como se ele estivesse só. Ele não, eles. O mundo foi ficando mais leve, mais firme, mais suave, mais bonito. Quando terminou a música, os pés foram aplaudidos. De pé! E nunca mais sofreram implicância de novo.

– Grand-plié. Demi-plié.

 

Inspirado no livrinho infantil “Pelegrino & Petrônio” de Ziraldo, parte da Coleção Corpim.

Anúncios

Um comentário sobre “Na pontinha dos pés

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s